All posts in EnjoyCanada Blogs

Dicas de como imigrar para o Canadá

como imigrar para o CanadáComo imigrar para o Canadá é a principal dúvida de quem procura os consultores brasileiros da Enjoy Canada. O governo canadense oferece dezenas de maneiras diferentes para você e sua família. É justamente por isso que escolher a melhor opção para economizar tempo e recursos financeiros não é um processo simples e gera tantas dúvidas.

No site do governo canadense é possível conhecer todos os programas de imigração disponíveis e os requisitos para aplicação, vale a pena a visita! Eles trabalham com um sistema de pontos que classificam os participantes. Quantidade e nível das graduações, área de atuação, anos de experiência no Brasil, experiência de trabalho no Canadá, fluência no inglês e francês, estado civil e até idade são exemplos de requisitos que podem aumentar ou diminuir os seus pontos em relação aos seus concorrentes. Dessa forma, quanto mais pontos, melhor no ranking você estará e mais chances de ser convidado para a residência permanente (PR).

 

Para facilitar, resumimos as quatro principais formas de como imigrar para o Canadá utilizadas pelos brasileiros atualmente:

1. Trabalho e estudo no Canadá

Trabalhar no Canadá e conquistar a almejada experiência de trabalho canadense pode render bons pontos nos programas de imigração. Para poder trabalhar no Canadá é necessário que você seja estudante de um curso com carga horária full-time e que tenha duração maior que seis meses. Nesta condição, o estudante está autorizado a trabalhar até 20 horas semanais. É por isso que trabalho vem sempre acompanhado de estudo, entendeu?

Caso o estudante seja casado ou viva em união estável, o cônjuge poderá trabalhar 40 horas semanais, desde que a pessoa que estuda esteja matriculada em um curso de nível superior de uma instituição pública. Além disso, caso tenha filhos, as crianças poderão estudar em escolas públicas a partir de 4 ou 5 anos, dependendo da província, até a conclusão do high school (ensino médio no Brasil).

Cursos apenas de inglês não permitem que você trabalhe no Canadá.

Existem diversas opções de cursos, desde os mais acadêmicos e especializados e que exigem nível avançado de inglês nos testes IELTS ou TOEFL, até os vocacionais que não exigem fluência. É possível, ainda, se matricular em cursos que possuem carga horária dividida entre estudo e trabalho, os conhecidos Co-op. Nesta modalidade você estuda, por exemplo, por 6 meses (podendo trabalhar 20 horas semanais enquanto isso) e faz estágio na área que estudou por mais 6 meses, mas agora já podendo trabalhar por 40 horas semanais.

A escolha do curso deve estar totalmente ligada à estratégia de imigração. Isso é um fator crítico de sucesso para sua imigração para o Canadá.

Se você realmente quer imigrar, verifique com muito cuidado todas as opções. A Enjoy Canada oferece consultoria educacional gratuita a partir da sua estratégia de imigração.

2. Investimento no país

Cada província do Canadá tem um programa de imigração para pessoas que querem se tornar investidores no país. Nesta condição, o participante tem direito a um visto de trabalho nos primeiros anos e, após concluir as exigência locais, pode se tornar residente permanente e até cidadão canadense. O valor do investimento pedido pelo governo depende de cada região.

Cada província canadense equivale aos Estados no Brasil ou nos EUA e tem autonomia para criar seu próprio programa baseado nas profissões em demanda na região.

3. Programas federais

Os programas federais trabalham com o sistema de pontos que mencionamos no início da matéria. O candidato preenche seu perfil pelo site do governo canadense e, de acordo com diversas características como idade, fluência no inglês e nível educacional, recebe uma quantidade de pontos. A partir daí você passa a fazer parte de um ranking e a concorrer com os outros participantes.

Neste link é possível fazer até uma simulação gratuita do governo para verificar quantos pontos você teria atualmente no Express Entry – o mais famoso programa federal de imigração para profissionais qualificados. O Express Entry reúne 3 modalidades diferentes de imigração: Federal Skilled Worker Program, Federal Skilled Trade Program e o Canadian Experience Class.

Cada uma delas trabalha com exigências distintas e podem beneficiar o candidato de maneiras diferentes, dependendo da área de atuação profissional, por exemplo.

Os convites para imigração acontecem mensalmente e os pontos exigidos variam. Em fevereiro de 2018, por exemplo, os 3 mil candidatos do ranking com 442 pontos ou mais receberam o convite para a residência permanente no Canadá.

4. Programas provinciais

Os programas provinciais levam em conta os profissionais que estão em demanda na região, inclusive para atividades chamadas entry level, que são mais operacionais e não exigem fluência no inglês. Por exemplo, em Ontário, onde está localizada Toronto, o governo oferece opções para quem é da área de enfermagem, aos trabalhadores rurais, da construção civil e muitos outros. Já em British Columbia, onde fica Vancouver, há opções para a área de turismo, transporte de carga pesadas e etc. Gerentes, supervisores, analistas e assistentes de diversos segmentos, entre eles TI, Engenharia, Recursos Humanos, Finanças e Administração também contam com várias opções para imigração.

O perfil preenchido no Express Entry, do governo federal, também é utilizado para seleção dos programas provinciais na maioria dos casos.

Bom, já conheço as principais formas de como imigrar para o Canadá, mas e agora?

Conhecimento é necessário e nunca é demais. Encorajamos que todos leiam e conheçam as opções disponíveis. Mas quando chega a hora de tirar o plano de imigrar para o Canadá do papel e partir para a ação, é comum o receio de tomar uma decisão errada. Afinal, estamos falando de algo que irá mudar completamente a sua vida e de seus familiares.

Definir a estratégia correta de imigração para o Canadá poderá te fazer economizar muito dinheiro e até anos de tentativa.

Sabendo disso, o governo canadense somente autoriza que consultores credenciados realizem o serviço de consultoria de imigração. Esses profissionais são oficialmente treinados sobre as maneiras de como imigrar para o Canadá e participam de atualizações constantes que acompanham as mudanças do próprio sistema.

A Enjoy Canada já ajudou centenas de brasileiros a obterem sucesso em suas estratégias de imigração para o Canadá. Clique aqui agora mesmo e agende a sua consultoria. Por se tratar de uma empresa canadense, os custos do serviço são abaixo do mercado.

 

Sexta-feira é dia de dizer Feliz Ano Novo!

ano novo chinês

Você sabia que no calendário chinês o ano de 2018 (ou 4.716) começa oficialmente nesta sexta-feira, 16 de fevereiro, e termina em 4 de fevereiro de 2019? Pois é! A data também marca o início do Festival de Primavera em países asiáticos.

Cada ano novo chinês é representado por um animal e um elemento. Em 2018, será a vez do cão e da terra.

Assim como acontece no Ano Novo ocidental celebrado em 1 de janeiro, o primeiro dia do calendário chinês nos países orientais é um momento para celebrar com a família e amigos.

A Enjoy Canada tem orgulho desta data especial e está oferecendo um almoço em sua sede de Vancouver nesta sexta-feira (16), às 12h, para comemorar com os clientes e amigos. Todos estão convidados a saborear o Rice Cake Soup, prato tradicional coreano.

Para os brasileiros que estão na cidade será uma ótima oportunidade para conhecer mais sobre essa importante celebração e mergulhar na diversidade canadense.

Participe! O evento é gratuito.

 

Dicas de como economizar em Toronto

como economizar em TorontoEconomizar é sempre bom, principalmente quando estamos em outro país e pagando tudo em dólar. Separamos algumas dicas para quem quer saber como economizar em Toronto durante o intercâmbio ou mesmo após uma mudança definitiva para o Canadá. 

Como economizar em Toronto: 

Atrações turísticas

 A cidade oferece um pacote de ingressos chamado CityPass Toronto. Com ele você economiza cerca de 36% na entrada das principais atrações turística como a CN Tower, o Aquário e a Casa Loma. Além disso, você não precisa pegar filas para entrar, que geralmente são longas dependendo do dia e horário. 

Para quem tem curiosidade de conhecer o Bata Shoe Museum – o museu do sapato – vale a pena deixar a visita para às quintas-feiras das 17h às 20h, pois você paga o quanto desejar pelo ingresso (o recomendado é CAD$ 5 por pessoa).  Neste link você encontra mais 29 pontos turísticos e atividades gratuitas ou sob pagamento de valor simbólico em Toronto. Faça a sua lista e aproveite 🙂 

Para os amantes de cerveja, o Craft Beer Passport é outra opção muito interessante. Ele oferece cervejas artesanais por CAD$ 2 em diversos pubs de Toronto e Hamilton.

Cinema 

Às terças-feiras todos os cinemas da cidade oferecem entrada com 50% a menos. Além disso, a rede Cineplex também oferece 10% de desconto nos próximos ingressos para quem se tornar membro. 

Cupons

Você sabia que, assim como nos Estados Unidos, no Canadá a prática de disponibilizar cupons de descontos é muito comum? Dá para encontrar cupons impressos e onlines para quase tudo que esteja querendo comprar, de cafés a sapatos.  Nos supermercados, por exemplo, você encontra cupons que dão descontos de cerca de 40% para shows, pontos turísticos e restaurantes famosos da cidade. Vale a pena conferir essa seção do mercado nas próximas compras. Fique de olho também dentro dos panfletos das lojas e ao final da sua compra dentro da sacola que está levando para casa, pois é comum os estabelecimentos colocarem cupons com descontos para as próximas compras e eles irem parar no lixo sem você perceber. 

Para obter os cupons online é preciso visitar sites especializados para conferir quais produtos estão em oferta ou baixar aplicativos. Alguns dos mais conhecidos são:

Red Flag

Save

Websaver

Smartcanucks

Valpak

Existem ainda aplicativos que dão seu dinheiro de volta na compra de itens selecionados em alguns supermercados e grandes redes. Para isso você precisa guardar o seu recibo após a compra. Os apps mais comuns são o Checkout 51 e o Airmiles, mas existem muitos outros. Assim como no Brasil, o Groupon também oferece ingressos e experiências por um preço mais em conta para você economizar em Toronto.

Os cartões fidelidade das lojas e até de bancos também funcionam com sistema de pontos que dão ótimos descontos em cinemas, restaurantes e compras em geral.

Metropass

Clientes da Enjoy Canada contam com desconto na conta do Metropass – cartão que dá direito a usar o metrô quantas vezes quiser por um preço único – além de outras vantagens na compra de passeios próximos, como Niagara Falls

Quer mais dicas sobre o Canadá?

Curta a página da Enjoy Canada exclusiva para brasileiros no Facebook.